30/10/2009

"Não ter tempo para Deus é viver perdendo tempo."


"Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para todo propósito debaixo do céu." (Eclesiastes 3.1)

O tempo... Dizem que ele tem o poder de resolver todas as coisas, entretanto, nem sempre é assim, e dependendo de como o administramos, ele se torna não a solução, mas sim um grande problema.

Não há como fugir dele. Seja como for, estará sempre presente, nos lembrando de que, independente de nossos esforços na busca de algum cosmético capaz de neutralizar seus efeitos em nossas faces, o homem ainda não encontrou o tão sonhado elixir da longa vida que impeça o envelhecimento de nosso corpo e sua consequente morte, e ainda que tentemos, em vão resgatar algumas circunstâncias do passado objetivando resolvê-las, os ponteiros do relógio prosseguirão com o martelar de seu eterno tique-taque, como forma de nos recordar o quanto temos desperdiçado nossa vida com coisas demasiadamente fúteis, ou se de maneira preciosa, temos obtido a sabedoria necessária para o gerenciarmos de modo proveitoso e salutar para nós e nossos semelhantes.

Alguém disse que não ter tempo para Deus é viver perdendo tempo. Sábias palavras! Estamos inseridos em uma sociedade cujo lema é: O tempo determina o dinheiro, o sucesso e a felicidade. Por essa razão, temos vivido dias indubitavelmente corridos, onde tudo o que se exige de nós é uma habilidade que nos leve a desempenharmos atividades que requerem cada vez mais de nossa energia, paciência, saúde, enfim, de nossa própria vida, em tempo recorde. Não obstante todo o esforço empregado nesse mister tão árduo e inútil, o dia presente não é suficiente para a conclusão dessas atividades confiadas a nós, e, assim, sobrecarregamos o amanhã com os problemas não solucionados e as dúvidas geradas pelos fracassos de hoje, em um ciclo vicioso e ininterrupto.

Desse modo, temos vivido até agora e por inúmeras razões, fingimos que vale a pena continuar agindo assim. Então pergunto: Será que você não sente um cansaço que não somente causa dores físicas e mal-estar, mas que lentamente corroe sua liberdade e alegria? Porventura, o sucesso e a condição financeira, obtidos pelo sacrifício diário de tantas coisas que nos são essenciais como indivíduos, tais como a família e os amigos, são tão importantes pra você a ponto de o fazer abandoná-los, desistir deles? E o que é pior: Verdadeiramente, há algum sentido em abrir mão de um tempo de qualidade com Deus, por quaisquer que sejam as circunstâncias ou as coisas almejadas, seja qual for o preço a ser pago, ainda que esse preço seja uma vida bem sucedida financeira, emocional e profissionalmente, porém distante de Deus eternamente?

Já parou pra pensar que gastamos tempo com coisas por vezes inúteis, mas quando se trata daquilo que é concernente a Deus e a Seus propósitos para nós, nos recusamos a dedicar um tempo, ainda que seja mínimo para ouví-lo, para conhecer Sua vontade? Você pode almejar todas as coisas, empenhar todos os recursos existentes e se esforçar ao máximo para obtê-las, porém, se não tiver por preciosa sua vida e não valorizar o único tesouro que se encontra à disposição de todos - JESUS - de nada adiantará. "Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará o homem em troca da sua alma? (Mateus 16.26)

Sabe, "a vida centrada em Deus funciona. E ela nos resgata de uma vida que não funciona." Este mesmo Deus que transforma vidas, espera que você viva de forma diferente. Ele deseja que você O conheça e que saiba que para a liberdade foi que Cristo nos libertou, e dessa forma, você não deve e nem precisa mais se submeter a nenhum tipo de escravidão. (Gálatas 5.1) Isso inclui a escravidão gerada pelo tempo - escravidão do medo do amanhã, da velhice, da morte, das consequências produzidas pelo que semeamos hoje e que colheremos no futuro, que pode ser imediato e não somente a longo prazo como muitos pensam.

Certo dia, um amigo contou a seguinte história que ilustra bem o que foi dito acima:

"Certa vez olhando um cartaz, algo me chamou a atenção. Em um primeiro quadro, um bebê e as palavras: Cedo demais para servir a Deus. A seguir, um adolescente e todas as coisas oferecidas pelo mundo, acompanhado das seguintes palavras: Jovem demais para servir a Deus. Mais adiante, um adulto cheio de atividades, família para sustentar e os dizeres: Ocupado demais para servir a Deus. Logo depois, um homem bastante idoso e : Velho demais para servir a Deus. Por fim, um cadáver em um caixão: Tarde demais para servir a Deus."

Espero realmente que você não chegue a essa situação. O tempo continua passando. Não viva como se sua vida fosse um jogo de computador, porque ela é única, não há outra chance para viver, como muitos dizem por aí. O tempo é agora, sua vida é preciosa demais para ser desperdiçada!

"Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus."(Eclesiastes 5.15,16)

Deus o abençoe grandemente!

video



4 comentários:

prnicklima disse...

Gerlane, que coisa mais linda e verdadeira de se ler. Você está de Parabéns! O seu Blog é um canal de Deus para as pessoas.
Sou Pastor na cidade de Mogi das Cruzes - SP. Estou orando pela sua vida.
Que Deus a abençoe muiiiiiito.
Pr. Nicodemos Lima

Gerlane Oliveira disse...

Graça e Paz Pastor!

Louvo a Deus porque o objetivo deste blog, que é o de edificar a vida das pessoas,e compartilhar a Palavra de Deus,tem alcançado êxito!

Muito obrigada,pastor.Sinta-se à vontade para retornar e participar sempre que quiser.

Que o Senhor o abençoe em graça e na força do Seu poder!

Anônimo disse...

You really make it seem so easy with your presentation but
I find this matter to be really something which I
think I would never understand. It seems too complex and
very broad for me. I am looking forward for your next post, I'll try to get the hang of it!
my webpage :: YouTube

Gerlane G. Oliveira disse...

Hi anonymous.

I'd like it was really easy to understand and to live fully the life God has for us. But despite the struggles we fight every day with problems, diseases, against time, against sin and especially ourselves, the Lord will always be around to help us continue the journey. You can be sure of that.

Thank you for your visit and for your comment. I hope to come back more often and can always express your opinion, it contributes constructively to the blog and the author of it.

God bless you!