21 de abr de 2010

Que Herança Iremos Deixar?


É incrível observarmos a realidade que nos cerca e constatarmos, nos nossos dias, o grande impacto das atitudes e realizações que promovemos. Não é necessário voltarmos muito tempo atrás, basta alguns anos para entendermos que há uma disparidade gritante entre o legado deixado por nossos pais e aquele que estamos construindo para nossos filhos.

A herança que recebemos trata de questões bastante simples, mas não menos importantes, tais como o respeito pelos mais velhos, a busca de coisas mais elevadas, a preocupação em preservar o meio ambiente e um maior impulso de cuidar mais daquilo que norteia nossa vida interior em detrimento das aparências. O oposto, portanto, de tudo o que vivemos até agora.

Então ficam aqui alguns questionamentos bastante pertinentes:

Pais, qual é a herança que deixarão para seus filhos e futuros netos? Será a de uma rigidez sem tamanho, um silêncio doentio diante das atitudes que suas crianças e adolescentes têm demonstrado, a falta de determinação e amor necessários para confrontá-los com a verdade diante de seus erros e coragem ainda maior de corrigí-los?

Serão ditas as palavras de elogio e apoio, para encorajá-los a seguir o caminho reto, justo e bom? Que exemplos têm dado a eles? Alguém, aliás, escreveu com muita propriedade, que a palavra tem o poder de convencer, mas nada substitui o exemplo, pois este arrasta.

Filhos, qual a visão de mundo que tem abarcado suas mentes? Porventura, não estão cansados da inversão de valores, do desrespeito mórbido com que tratam os mais velhos, com a falta de temor diante de Deus, uma visão distorcida que apenas valoriza o exterior, mas despreza o que realmente importa?

Talvez seja mais fácil engolir a porcaria que a televisão nos empurra, pensar do mesmo modo que todo mundo, esquecendo que é muito melhor ser autêntico do que viver como um monte de ovelhas desgarradas, que imitando umas às outras, pulam no abismo.

Igreja, qual tem sido o nosso papel desempenhado nesta terra? Onde estão os inconformados com este mundo corrupto? Para onde foram aqueles que reconhecem que o que está em risco, não é seu próprio nome, seu bem-estar, sua prosperidade, mas sim vidas?

Quando será que iremos parar e enxergar que o fundamental não é discutir qual a melhor denominação, que roupa é a correta, se saia ou calça, mas sim pregar o verdadeiro evangelho - não o evangelho do homem para o homem - mas o evangelho de Deus, as boas-novas de Deus para os homens? Quanto tempo ainda resta para que deixemos de viver sob máscaras e nos livremos de uma vez por todas de nosso legalismo e farisaísmo insano?

Que herança estamos deixando? Por mais complexa que possa ser nossa situação, ainda há tempo para mudá-la. Glória a Deus por isso! É Sua maravilhosa graça que nos concede esta perspectiva. O legado que deixaremos pode ser de tragédia, desespero e morte. Ou pode ser também de paz, esperança e vida. Isso vai depender do que fizermos aqui, das decisões que viermos a tomar.

Pais, que vossa herança para seus filhos e netos, seja: "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele." (Provérbios 22.6)

Filhos, que a vossa possa ser: "Guarde puro o seu caminho, observando-o segundo a palavra do Senhor." (Salmos 119.9)

"Lembra-te do teu criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer." (Eclesiastes 12.1)

"Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor, teu Deus, te dá." (Êxodo 20.12)

Igreja, que nossos olhos sejam abertos, nossos corações se voltem para o Deus Altíssimo, de forma que venhamos ser sal da terra e luz do mundo, e que "assim brilhe também a nossa luz diante dos homens, para que vejam as nossas obras e glorifiquem a nosso Pai que está nos céus." (Mateus 5.16)

Que nosso exemplo hoje seja, como nas palavras de Joseph Bayly, lembrar na escuridão, do que aprendemos na luz.

Deus nos abençoe!

9 comentários:

Fe"Sara disse...

GPS Gerlane,

Sem dúvidas este poste é o melhor que já li, parabens pelas palavras iluminadas que o Senhor Jesus Cristo puseste em teu coração. Certa vez comentei com alguns irmãos, que as pessoas pecam por que lhes falta a "presença fisica de DEUS". Pobres de espirito.

Muitos no reino de DEUS, veem o evangelho do Senhor Jesus Cristo de uma forma erronea, sabes querem aparecer mais do que o Cristo Revivido, estive recentemente em um evento de uma igreja neopentecostal, e pude notar o completo isolamento desta em relação as outras, digo isolamento, pois as "igrejas" de Cristo estão mais interessadas em se "propagandear" do que anunciar o evangelho santo.

Eu não sou inconformado com estas "diferenças" doutrinarias e teologicas que o homem inventa, somente para enaltecer as suas igrejas, enquanto avacalham as demais, no reino de DEUS, não iras ter Assebleiano, Bastista, Quadragular, Reteté, Tradicional e por ai vai, mas vai ter um povo santificado e lavado nas vestes do cordeiro.

Confies em Cristo e muito mais ele o fará.

Shalom In Yeshua Há Maschiach

Gerlane Oliveira disse...

Paz Fernando!

Soli Deo Gloria!
O mais maligno de tudo isto,é que enquanto a igreja gasta tempo e esforço, apenas discutindo banalidades,pessoas têm morrido diariamente, sem ao menos escutar sobre o Evangelho de Cristo, que poderia ter feito grande diferença em suas vidas!

Temos que aprender e viver o que disse Dietrich Bonhoeffer: "a igreja só é igreja quando é igreja para os demais."

Quando avaliamos a verdade destas palavras, podemos entender que, uma vez que estas palavras se tornam realidade, então,este será o exemplo na vida dos pais,dos filhos, dos jovens, e de cada cristão, independente do lugar onde estiverem e da função que exercem.

Deus te abençoe!

Roberto Reis disse...

Muito legal seu blog!

Continue assim, levando as coisas de Deus as pessoas.

Visite o meu tbm:

http://falandubaixo.blogspot.com/

Grande abraço!

Gerlane Oliveira disse...

Olá Roberto.

Obrigada por sua visita e comentário. Fique à vontade para retornar mais vezes!

Deus o abencoe. Fica na Paz!

Roberto Reis disse...

Oie Gerlane, eu agradeço tabm sua visita aki no meu blog!*-*

Continue estudando, não deixe as adversidades atrapalharem suas evolução. Em breve meu segundao blog entrará em funcionamento a todo vapor!
Ele será uma espécie de escola de música virtual, lá ensinarei teoria musical e contrabaixo elétrico.
Ah, eu toco contrabaixo elétrico, violino (voltei a estudar recentemente) e violão.
Podemos nos seguir?rs

Continue visitando!

Um beijo!

^^

Gerlane Oliveira disse...

Oi Roberto.

Que bom que retornou a estudar violino! Tenho certeza que seu segundo blog será igualmente bem sucedido.

Já estou seguindo-o.

Fica na Paz!

Roberto Reis disse...

Obrigado Gê, tbm estou seguindo você!

Fica com Deus!

=D

Gabriel disse...

P A R A B E N S, que texto maravilhoso, tudo que voce relatou, foi tudo muito verdadeiro, voce está de parabens, que texto perfeitos! E assunto que realemente todos deveriamos para pra pensar.. Parabens!

Gerlane Oliveira disse...

Oi Gabriel.

Obrigada pelo comentário. Que bom tê-lo aqui. Volte sempre que quiser.

Fica na Paz! \o/